quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Mensagem de Irina Bokova sobre o Dia Internacional da Paz (21 de setembro)

Mensagem de Irina Bokova, Diretora Geral da UNESCO, por ocasião do Dia Internacional da Paz, 21 de Setembro de 2011.

“Paz e Democracia: faça com que sua voz seja ouvida!”

A paz é mais do que a ausência da guerra. Ela reside na dignidade de cada homem e cada mulher. Ela é o vínculo que une harmoniosamente as sociedades entre si e com nosso ambiente. Ela é a fundação de Estados legítimos e a base para as relações internacionais estáveis.

Essa é a visão que deu origem às Nações Unidas. Essa é a meta que norteia todas as atividades da UNESCO.

O Dia Internacional da Paz 2011 é uma oportunidade para refletir sobre os desafios da paz em um mundo que se torna cada vez mais acelerado.

As pessoas estão mais conectadas do que nunca. Tecnologias da informação e da comunicação abrem novos horizontes para expressão e ação. As mídias sociais criam novas condições para participação individual e para a democracia. Ao mesmo tempo, homens e mulheres no mundo inteiro ainda lutam contra os terrores da violência e dos conflitos. Uma crise econômica global nos solapa, resultando na privação de milhões, que sofrem devido à pobreza e à marginalização.

Em tempos turbulentos, devemos permanecer fiéis aos valores fundamentais da paz. A paz começa com a justiça e a dignidade de cada homem e cada mulher. Ela começa com a capacidade de cada um, no mundo todo, imaginar um mundo melhor e trabalhar para criá-lo. Ela manifesta-se nas ambições humanistas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

A Constituição de 1945 da UNESCO estabelece que “uma vez que as guerras se iniciam nas mentes dos homens, é nas mentes dos homens que devem ser construídas as defesas da paz.” As mentes jovens são um dos mais poderosos baluartes da paz.

Jovens de ambos os gêneros já estão mudando o mundo a cada dia que passa. A luta pela dignidade, por direitos e pela justiça os levou às ruas, à mobilização por meio de campanhas e à construção de movimentos a favor de mudanças pacíficas. Novos horizontes para a dignidade humana abrem-se.

Nesse Ano Internacional da Juventude, saudamos essas aspirações pacíficas e devemos reagir à altura das expectativas que inspiram a juventude. Devemos levar em conta as suas ideias e assegurar seu devido lugar em todas as sociedades. As suas vozes devem ser entendidas e, sobretudo, escutadas.

A UNESCO trabalha todos os dias para apoiar os jovens no fortalecimento de valores e instituições democráticas, baseadas na justiça, na igualdade e no respeito aos direitos humanos. Trabalhamos para fortalecer uma cultura de paz e não-violência, por meio de diálogo intercultural e entre religiões, e ao fomentar compreensão mútua e ao promover a reconciliação. Buscamos fortalecer os jovens com novas técnicas de expressão e oportunidades de agir para mudanças pacíficas.

Essas são as metas do Fórum da Juventude que a UNESCO realizará em Paris, nos dias 17 a 20 de outubro, com o tema “Os jovens como vetores da mudança”. Com participantes de todo o mundo e com a moderação feita pelo Embaixador da Boa Vontade da UNESCO, Forest Whitaker, o fórum fornecerá uma plataforma global para criar novos métodos de se promover a reconciliação e a resolução de conflitos.

Jovens iluminam o caminho para um mundo mais pacífico. Devemos apoiar as suas aspirações, escutar suas opiniões e agir com base nos seus sonhos. Essa é a nossa mensagem para o Dia Internacional da Paz 2011

2 comentários:

Unknown disse...

DOUTORA HELENA, AGUARDOSEU CONTATO. ABRAÇOS, WILLIAM.

Unknown disse...

DOUTORA HELENA, AGUARDOSEU CONTATO. ABRAÇOS, WILLIAM.

By Helora Schlegel Bello Silva

`